Instagram
Para a Amazon, sua empresa pode estar no caminho da falência

“Quando [a concorrência] está no chuveiro de manhã, eles pensam em como vão chegar à frente dos principais concorrentes. Aqui, no chuveiro estamos pensando em como vamos inventar algo em nome do cliente.” Essa citação de Jeff Bezos, CEO da gigante Amazon, traduz seu ideal de modelo de negócios.

 

Para o executivo, ignorar a necessidade de inovação é, acima de tudo, encaminhar uma empresa para sua morte. Apesar dessa mentalidade ser muito associada às startups, fenômeno mais recente, Jeff Bezos já planejava todas as ações de sua corporação nesse sentido desde a sua fundação.

 

A primeira carta que Jeff Bezos enviou para seus acionistas, no ano de 1997, já demonstra todo o pensamento que estruturou a Amazon como uma companhia líder no mercado digital:

1) Vamos continuar a focar 100% nos consumidores

 

2) Vamos continuar a tomar decisões de investimento pensando na liderança de mercado no longo prazo ao invés de considerar a lucratividade de curto-prazo ou as expectativas de Wall Street

 

3) Vamos continuar a medir todos nossos programas e efetividade de nossos investimentos analiticamente, para acabar com aqueles que não produzem resultados aceitáveis e aumentar os investimentos naqueles que funcionam. Vamos continuar a aprender tanto dos nossos sucessos quanto dos nossos fracassos.

 

4) Vamos continuar a tomar decisões de investimento audaciosas ao invés tímidas onde podemos perceber uma possibilidade de ganhar a liderança do mercado. Alguns desses investimentos vão se pagar, outros não, e vamos ter aprendido uma lição de qualquer jeito.

 

5) Quando forçados a escolher entre melhorar a aparência do nosso balanço e maximizar o valor presente do nosso fluxo de caixa, vamos ficar com o fluxo de caixa.

 

6) Vamos dividir nossas estratégias com o mercado quando fizermos decisões audaciosas (no máximo que a competição permitir). Assim, você pode decidir por si próprio se você está fazendo decisões de investimentos racionais no longo-prazo.

 

7) Vamos trabalhar duro para gastar com sabedoria e manter nossa cultura de austeridade. Entendemos a importância de continuar reforçar uma cultura consciente com os custos da empresa, principalmente em negócios que estiverem perdendo dinheiro.

 

8) Vamos balancear nosso foco em crescimento com ênfase lucratividade de longo prazo e gestão de capital. Nesse estágio, escolhemos priorizar crescimento por acreditar que escala é central em capturar o potencial de nosso modelo de negócios.

 

9) Vamos continuar a contratar e reter empregados versáteis e talentosos, e continuar a melhorar o pagamento deles com opções sobre ações e não dinheiro. Nosso sucesso está largamento afetado pela nossa habilidade de atrair e reter uma base de empregados motivada, no qual todos precisam pensar e agir como donos.

 

Quando imagina a empresa perfeita, Bezos identifica 4 características essenciais que devem guiar toda a cultura organizacional: foco no consumidor, paixão pela inovação, comprometimento com a excelência e planejamento a longo prazo. As mudanças sempre possuem um sentido claro: “Nós sempre inovamos começando pelo cliente e trabalhando de trás para frente. Isso se torna o nosso padrão de qualidade de como inovar na Amazon.”

Instagram