Instagram
Como um mentor pode ajudar no seu negócio?

Mentores são os nossos heróis, aqueles nos quais nos espelhamos e, de alguma forma, gostaríamos de fazer as coisas ou sermos iguais a eles. “Se eles conseguiram, eu também posso!”

Quando uma pessoa me procura e diz que está com sede, ela não espera que eu lhe dê a fórmula da água, muito menos que abra um livro e comece a explicar a importância das chuvas e os benefícios para a saúde do homem. O que interessa é descobrir onde existe uma fonte de água potável e matar a sede. Quem tem sede, não quer explicações, quer uma jarra d’água, de preferência cheia e bem fresquinha. Trazendo isso para a realidade, esse é justamente o papel do mentor: mostrar as alternativas e os caminhos para se conquistar a água.

Mentor é basicamente o guia, o mestre, o conselheiro, o grande pensador. Ser mentor não é para qualquer um. Para ser mentor é preciso ter tido experiências práticas e usar seus próprios conhecimentos e vivências na sua área para poder partilhá-lhos com seus mentorados. É aquele que já desbravou caminhos desconhecidos, já ultrapassou barreiras, a pessoa que já fez e que já chegou lá! e que agora está disposta a compartilhar seus erros e conquistas. Ele é diferente de um professor, instrutor, facilitador, consultor etc.

Mas cuidado, o mentor não é um atalho para o sucesso. O caminho é sempre longo. O mentor não faz milagre, nem é mágico. Ele irá te ajudar e incentivar a ampliar sua visão, a encontrar os melhores caminhos e, algumas vezes, até encurtá-lo. Eles já sabem as rotas do que fazer e quando fazer e isso vale muito.

Todos precisam de mentores, até mesmo os que se acham mais experientes. Sozinhos seria muito mais difícil seguirem na trilha. Eu, por exemplo, apesar de ser mentor de vários empreendedores, tenho os meus mentores, os meus ídolos, as pessoas que me inspiram positivamente. Sempre que preciso, recorro a eles. E sou muito grato por poder contar com essa ajuda, sou grato inclusive aos “nãos” que eles já me deram.

Mentoria, na prática, são conversas, debates e reuniões com ou sem métodos pré-definidos sobre assuntos ligados a sua jornada e ao seu negócio. Este processo possibilita o aprendizado e desenvolvimento. Mas atenção, é preciso fazer a sua parte e não transferir para o mentor a responsabilidade de encontrar soluções rápidas para todos os seus problemas. O papel do mentor é ajudar a olhar por outras perspectivas, a formular respostas corretas, pegar na mão e mostrar validações através de exemplos, ajudar a perceber o que precisa ser avaliado no momento em que você mesmo toma as próprias decisões.

Leia a matéria completa em: Administradores.com.br

Instagram